Posts Tagged 'Patrícia'

À terceira é de vez! Kruger parte III

Pois é, há 17 dias que não vinha aqui! Merecia um castigo! Mas o trabalho tem sido tanto que fui deixando o blog para trás… mas, estou de volta! 🙂

Ora bem, o post de hoje é sobre o Kruger National Park na África do Sul. O KNP ou simplesmente Kruger, é a maior área de conservação de fauna bravia da África do Sul, cobrindo cerca de 20 000 km2. Está localizado no nordeste do país, nas províncias de Mpumalanga e Limpopo e fazendo fronteira com os distritos moçambicanos de Moamba e Magude, na província de Maputo e Massingir e Chicualacuala na Província de Gaza. Tem uma extensão de cerca de 350 km de norte a sul e 60 km de leste a oeste.

Juntamente com o Parque Nacional do Limpopo, em Moçambique, e com o Parque Nacional Gonarezhou, no Zimbabwe, o Kruger faz parte da Área de Conservação Transfronteiriça do Grande Limpopo.

O nome do parque foi dado em homenagem a Stephanus Johannes Paul Kruger, o último presidente da República Sul-Africana bóer.

A minha primeira visita foi em Agosto, estávamos em pleno Inverno austral, época seca, e o Kruger estava amarelo. Não havia muita água, pelo que todos os animais se juntavam perto dos maiores rios para se poderem refrescar. Nessa visita fiquei instalado no sul do Parque em Berg an Dal. Vi leões!!! A grande atracção desta viagem! 🙂

A segunda visita foi em Novembro. O Kruger já estava mais verdinho, o que dificultou ver alguns animais. A grande atracção?! O leopardo!!! E muitos elefantes e girafas!

A terceira vez… a que me “obrigou” a escrever este post foi com a Mariana! 🙂 Já estamos no Verão, a época das chuvas, e isso deu para entender a verdura exuberante do Parque! Aliás, as chuvas têm sido tantas que uma das entradas do Parque (Crocodile Bridge Gate) – a mais próxima da fronteira com Moçambique – estava fechada! Para entrarmos por Crocodile Bridge temos de atravessar um rio e uma pequena ponte que foi construída para poder ser submersa pelas águas em caso de inundação. Mas desta o rio levou água em excesso e acabou por destruir a ponte… conclusão: tivemos de fazer mais 40 quilómetros e entrar por Melalane Gate!

Nestas duas últimas visitas fiquei instalado em Skukuza Camp. Skukuza é o maior centro de acolhimento de visitantes do Parque, oferecendo uma extensa escolha de tipos de acomodação, restaurantes e outros serviços de “recuerdos” que os turistas tanto gostam! 🙂

Aqui ficam algumas fotos e videos das minhas “caçadas” na savana!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

ASMtv: leões “à solta”!

ASMtv: Ilha de Inhaca e dos Portugueses


Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 37 outros seguidores